Campo Grande sediará Seminário Nacional de Milho Safrinha em novembro

Neste ano Campo Grande (MS) será palco de um dos principais eventos da agricultura brasileira, o XVII Seminário Nacional de Milho Safrinha. O evento que acontece a cada dois anos, em diferente região do país, chegará ao Mato Grosso do Sul no dia 28 de novembro e se estenderá até o dia 30 do mesmo mês. Podem participar agricultores, empresários, pesquisadores e profissionais do setor agropecuário.

Durante a programação acontecerão palestras, exposições de produtos e serviços nos estandes dos patrocinadores, e ainda, apresentações de trabalhos acadêmicos por pesquisadores que inscreverem seus trabalhos. “O seminário é um evento completo. Reunimos o produtor rural, agentes políticos, associações representativas, pesquisadores, fornecedores de produtos e serviços, todos em um mesmo ambiente, debatendo os avanços da cultura do milho”, explica o André Lourenção, pesquisador da Fundação MS e coordenador do Seminário, em Campo Grande.

Fundação MS

Nesta edição do seminário, a organização ficou à cargo da Fundação MS. “A cada edição a Associação Brasileira de Milho e Sorgo, divide a responsabilidade com uma instituição que encabeça o projeto. O time da Fundação MS está engajado para fazer deste evento uma das principais edições. Estamos prontos para receber inscritos de todo país e repassar informações atuais, além de apresentar soluções estratégicas para produtores que se dedicam à produção do milho”, completa Lourenção.

Na programação já constam temas ligado às oportunidades de mercado para o milho safrinha, enfezamentos transmitidos por pulgões e cigarrinhas, manejo da cigarrinha-do-milho, consórcio de milho com capins, processo de integração lavoura-pecuária, manejo de adubação, adubação de sistema em solos arenosos e biológicos no manejo da fertilidade do solo.

Além da realização da Fundação MS, o evento conta com a promoção da Associação Brasileira de Milho e Sorgo, apoio científico da Embrapa e correalização da  Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul.

Botão Voltar ao topo