Mesmo ferido após emboscada, policial civil dirigiu até Batalhão da PM para pedir socorro

policial civil ferido por disparos após troca de tiros com uma dupla na madrugada deste sábado (20), na Vila Jacy, em Campo Grande, dirigiu ainda ferido até o pelotão da 10ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar) para pedir ajuda.

Segundo o boletim de ocorrência, o policial chegou ferido no tórax e se apresentou como policial civil. Disse que sofreu uma emboscada quando estava na residência de seu filho e teve o veículo, um Golf, de cor vermelha, crivado pelos .

A arma do policial, celular, carteira, todos os objetos foram recolhidos sujos de sangue. O veículo permaneceu no pelotão da PM, onde foi realizada perícia, que constatou 21 perfurações de dentro para fora e de fora para dentro, indicando que houve troca de tiros.

O policial foi socorrido pelo  até a Santa Casa.Por volta das 4h, o policial seguiu até a casa da mãe de seu filho, um bebê, para entregar fraldas, quando foi surpreendido por uma  em frente à residência que passou a efetuar disparos contra ele.

Segundo apurado, outro filho da mulher, de 18 anos, também estava na frente da residência, mas tanto ele, quanto a mãe, negaram conhecer a dupla, que fugiu e segue sendo procurada pela polícia.

Quando socorrido, o policial também não soube dizer quem eram os autores e a motivação para o crime.

Foram recolhidas cápsulas de 9 milímetros e de calibre .380.

Botão Voltar ao topo