‘Sola Carcerem’: Operação cumpre mandados contra presidiários e servidores estaduais de MS

A Ficco-MS (Força Integrada de Combate ao  no Mato Grosso do Sul) deflagrou na manhã desta segunda-feira (29) a  Sola Carcerem contra crimes de lavagem de dinheiro, organização criminosa e tráfico de drogas. Foram cumpridos mandados em Dois Irmãos do Buriti.

Os mandados foram expedidos pelo Juízo Estadual de Dois Irmãos do Buriti para a execução em celas do presídio da cidade, além de quatro residências, sendo três deles de servidores públicos do estado de Mato Grosso do Sul.

As investigações mostraram que havia uma espécie de ‘escritório’ dentro do presídio para a prática de vários golpes por meio de sites de vendas e marketplace, tendo como principal foco a venda de maquinários agrícolas.

O nome da operação vem do latim e significa “presídio dominado”. Seu nome decorre da atuação das forças policiais para coibir e fazer cessar a prática de crimes e para tanto foi empregado um efetivo de cerca de 100 policiais das forças de segurança federais e estaduais.

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado no Mato Grosso do Sul é composta pela  Federal, Polícia Civil no Estado do Mato Grosso do Sul, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Nacional de Políticas Penais e Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário.

Botão Voltar ao topo