‘Tio Arantes’ do PCC usava RG falso de Mato Grosso do Sul quando foi preso na Bolívia

Preso na noite da última quarta-feira (6) na Bolívia, José Cláudio Arantes, o Tio Arantes, conhecido por ser liderança do PCC (Primeiro Comando da Capital), estava com documento falso. O RG tinha identificação como se fosse expedido em Mato Grosso do Sul.

Após a prisão, o comandante do departamento da Polícia de Santa Cruz, coronel Erick Holguín, indicou que integrantes da Felcc (Força Especial de Combate ao Crime) abordaram e detiveram Tio Arantes.

Inicialmente, ele se identificou como Raildo Teixeira da Silva, mas os policiais perceberam que o documento aparentava ser falso. Assim, conseguiram identificar que se tratava de Tio Arantes.

No momento da prisão, ele ainda tentou quebrar o aparelho celular. Os policiais conseguiram puxar a ficha de Tio Arantes, identificando a fuga do presídio ocorrida em novembro de 2021.

Ainda segundo o portal El Deber, Tio Arantes será expulso e entregue às autoridades no Brasil.

Botão Voltar ao topo